“Nada há encoberto que não venha a ser revelado; e oculto que não venha a ser conhecido.”
SENHOR JESUS CRISTO, Lucas 12:2


segunda-feira, agosto 06, 2007

A noite dos cristais. O que realmente ocorreu?

Para explicar desde o começo e com mais objetividade, mostraremos como uma série de acontecimentos levou à famosa noite dos cristais, nome dado devido às vidraças espalhadas pelas ruas, na qual nos é ensinado que em 7 de novembro de 1938, após o assassinato de um diplomata alemão em Paris por um judeu, o povo alemão teria começado espontâneamente uma série de pogroms (revoltas contra estabelecimentos judaicos) na Alemanha e na Áustria ajudados pelas tropas de assalto SA, o braço armado do partido Nacional Socialista (vulgo nazista...). Posteriormente a guerra, essa noite seria conhecida como o prelúdio ou ensaio para o Holocausto. Como se pode ver no jornal acima, Hitler desde o começo, sendo um líder legítimo vindo do povo e ascendido legalmente ao poder parecia estar batendo de frente com as outras tendências mundiais e tirando o sono de algumas pessoas que não estavam nem um pouco satisfeitas com seu governo e a simpatia que este causava a população dos países vizinhos, tendo em vista o exemplo de prosperidade da nação Alemã que em poucos anos já havia se tornado uma das maiores economias da Europa e do mundo. Logo, em 1933, este jornal foi publicado trazendo consigo um alerta e um pedido de união a todos os judeus do mundo para que se unissem em um maciço boicote aos produtos alemães, simplesmente porque Hitler se recusara a manter o padrão ouro e decretado o valor do trabalho ao mesmo tempo que instituía o juro zero, o que significaria, se prosperado em outros países, o fim da agiotagem e do banqueirismo internacional, que como sabe-se, era e ainda é de monopólio judaico.

De início temos esta figura chave, Herschel Grynszpan, um judeu de 17 anos desempregado e aparentemente sem nenhum suporte. Seu pai havia sido um alfaiate que mudara-se da Polônia para a Alemanha. Herschel tinha a reputação de desgosto com o trabalho e havia morado com alguns de seus tios em Bruxelas e Paris pois não tinha muita disposição para trabalhar e viver sem que os outros o ajudassem.
Alguns fatos interessantes marcaram sua passagem por Paris nos dias que antecederam o assassinato do diplomata alemão. Herschel havia ficado em um dos hotéis mais caros de Paris que por coincidência ficava próximo aos escritórios do grupo ativista judaico LICRA. No dia 7 de novembro de 1938, Herschel Grynszpan andou até a embaixada alemã em Paris e atirou 5 vezes no diplomata alemão Ernst Von Rath de 31 anos.
Herschel foi preso na cena do crime e levado até a estação de polícia, mas, apenas uma hora depois do crime, um dos mais famosos advogados criminalistas da França, Vincent de Moro Giafferi apareceu e disse aos policiais que era o advogado de Herschel Grynszpan. Mas fica a questão, como um jovem desempregado, filho de um alfaiate havia dinheiro para pagar tais despesas e um dos melhores advogados de toda a França? Fica evidente que havia alguém com muito dinheiro por trás de toda a trama e o grupo ativista judaico LICRA (Ligue Internationale Contre le Racisme et l'Antisémitisme), fundado por Bernard Lecache aparece-nos como o principal suspeito. Mais tarde poderá se perceber que os responsáveis pelo assassinato de Von Rath não esperavam que este fosse resistir mais alguns dias antes de morrer. Diga-se de passagem, o LICRA continua ainda na ativa http://www.licra.org/.


O famoso advogado francês Vincent de Moro Giafferi
O judeu Bernard Lecache
Então o que realmente houve durante a noite dos cristais?
Alguns eventos estranhos tomaram parte antes das revoltas contra estabelecimentos judaicos
tomarem rumo.
SS dando ordens a unidades da SA
Em um caso, dois homens vestidos com uniformes da SS foram até um SA Standartenführer lhe ordenando para que uma sinagoga próxima fosse destruída. Para entender o absurdo dessa ordem deve-se levar em consideração que era óbvio que os homens vestidos de SS não eram oficiais de verdade, pois qualquer membro desta organização ou das SA sabia que nenhuma das duas trocam ordens entre si por serem completamente diferentes. Logo após rejeitar a estranha ordem, o SA Standartenführer reportou o ocorrido aos seus superiores.
Pessoas estranhas discursando
Ao perceberem que seus esforços não estavam dando certo na tentativa de forçar as tropas SA a agirem contra sinagogas, os farsantes mudaram de tática. Desta vez os estranhos tentavam incitar diretamente as pessoas nas ruas para que agissem contra os judeus, tática que até certo ponto funcionou, e alguns cidadãos alemães realmente foram até as sinagogas para praticar atos de vandalismo, mas nisso os estranhos que haviam incitado ja não estavam mais no local. Outros incidentes similares aconteceram em algumas cidades. Os estranhos apareciam, davam discursos, jogavam pedras nos estabelecimentos comerciais judaicos e simplesmente sumiam.
Estes incidentes incomuns ja haviam começado no dia 8 de novembro, ou seja, antes mesmo da notificação da morte do diplomata Ernst Von Rath, que aconteceria somente no dia 9 de novembro, provando que o pogrom contra os judeus não era devido a revolta pela morte de Von Rath.
Os judeus resistem e combatem os vândalos
Os historiadores nos contam que durante a noite dos cristais todos os judeus estavam assustados e assistiam sem resistir toda a destruição de seus estabelecimentos. Hoje, sabe-se que não foi bem assim, durante os ataques judeus e seus vizinhos alemães lutaram juntos contra os vândalos e em alguns casos perseguiram e espancaram alguns dos agitadores.
A Polícia ao lado dos judeus
Outro fato que é quase desconhecido foi o papel da polícia após os atos de vandalismo. Os judeus donos de estabelecimentos comerciais foram até os distritos policiais para pedir ajuda na prevenção de novos ataques e foram atendidos, sendo deslocados diversos SA que estavam de plantão para fazer a segurança dos estabelecimentos. Muitos registraram ocorrências e pediram uma investigação e o resultado das investigações existem ainda hoje nos arquivos municipais de diversas cidades.
Muitos judeus nem mesmo sabiam do acontecido
Em Berlim todos os professores da maior escola judaica de Berlim apareceram nas salas de aula sem ao mesmo comentar o ocorrido, pois desconheciam quaisquer anormalidades da noite anterior. Muitos judeus foram normalmente trabalhar. Heinemann Stern, diretor da escola escreveu em suas memórias de pós-guerra que havia visto uma sinagoga pegando fogo, mas que achara ser apenas um incêndio acidental, e que não tinha notado nada de incomum na noite anterior. Os historiadores dizem que todos os judeus foram espancados, perseguidos, roubados, insultados e humilhados. Afirmam que os SA lhes tiravam das camas impiedosamente durante a noite e lhe espancavam até que o lugar estivesse repleto de sangue.
Fica então, difícil acreditar que milhares de crianças fossem mandadas pelos pais às escolas na manhã seguinte após uma noite tão terrível.
Quem seriam os agitadores afinal de contas?
Na manhã após a tão "terrível" noite, todos queriam saber o que afinal de contas havia acontecido. O ministro da propaganda, Dr. Joseph Goebbels suspeitou logo de início que uma organização secreta estava por trás de todo o ocorrido. Ele simplesmente não acreditava que algo tão bem organizado poderia ter sido fruto de uma revolta espontânea dos civis alemães. Os livros de história ainda trazem consigo a versão de que Goebbels poderia ter dado a ordem para vandalizar os estabelecimentos judaicos, mas Hitler sabia que Goebbels, seu homem de confiança, jamais ousaria em proferir tal ordem.
As únicas pessoas que foram realmente punidas foram homens da SA que participaram diretamente no pogrom, sendo acusadas de assassinato, roubo e outros atos criminais testemunhados por judeus e alemães, mas antes dos casos serem realmente julgados, Hitler determinou que fosse dada uma ordem para prorrogar todos os julgamentos pois os SA seriam primeiramente julgados numa corte interna de disciplina do Partido Nacional Socialista.
Telefonemas misteriosos para oficiais locais do partido
Diversos líderes do partido (Kreisleiters e Ortsgruppenleiter) dos distritos locais foram acordados no meio da noite por telefonemas estranhos. Pessoas que se identificavam como sendo do HQ regional do partido, perguntavam aos oficiais do partido no plantão o que estava acontecendo nas localidades e se o oficial respondesse que tudo estava calmo e tranquilo logo lhe davam a ordem para organizar os milicianos para se prepararem, pois estava sendo levada a cabo uma ação contra os judeus naquela noite. Em muitos dos casos os oficiais do partido, perturbados por terem sido acordados durante a madrugada apenas desligavam o telefone achando ser uma piada. Em outros casos, os oficiais ligavam de volta para o local de onde a suposta ligação havia sido feita e perguntavam aos plantonistas que tipo de ordem era aquela, e quando um oficial de alta patente atendia, logo lhe dizia firmemente que não sabia nada em relação a tal ordem, enquanto em outros distritos, quando a ligação era atendida por um oficial de baixa patente, estes alegavam desconhecer quaisquer diretivas ordenando ações contra judeus, mas que se alguém lhes havia dado tal ordem, era porque ela deveria ser executada. Tais ligações causaram uma confusão considerável e muitos oficiais não sabiam o que fazer diante daquilo.
Tudo parecia organizado perfeitamente
No momento em que as ligações ocorriam, todos os oficiais, chefes distritais e líderes regionais do partido estavam na cidade de Munique numa comemoração em Alte Rathaus pelos 15 anos da tentativa do golpe de Estado liderado por Adolf Hitler, General Ludendorf e outros nacionalistas, comemoração que era feita todos os anos no dia 9 de novembro mostrando então, que a data havia sido habilmente escolhida devido a ausência dos principais líderes regionais de seus postos. Portante os farsantes sabiam que os distritos regionais estavam sob a responsabilidade de pessoas com patentes inferiores, com menos experiência para lidar com situações complicadas, como por exemplo a de preparar ações sistemáticas contra judeus no meio da noite.
A ordem de Goebbels
Praticamente tudo que se lê relacionado a noite dos cristais, menciona que a revolta começou logo após um discurso enfurecido do ministro Goebbels. É mentira. Por volta das 21h após o jantar de comemoração, Hitler retirou-se e se dirigiu ao apartamento onde estava hospedado, enquanto Goebbels pronunciou brevemente a notícia da morte do diplomata Von Rath devido aos graves ferimentos sofridos, e que graças a isso, algumas manifestações voluntárias de civis revoltados estavam tomando parte em alguns locais. Apenas isso fora dito, ao contrário de um discurso inflamado incitando uma retaliação aos judeus que nada tinham a ver com o assassinato. Logo após as notícias, Goebbels ainda sugeriu que Viktor Lutze, o chefe da SA, ligasse para os distritos locais do partido para assegurar que a ordem e a segurança estavam mantidas. Para provar que Goebbels jamais dera tal ordem é muito simples, levando-se em conta que Goebbels era o chefe (Gauleiter) do distrito de Berlim, e que dentro disso, somente lhe era permitido autorizar ações dentro desta área, sendo fora dela, jurisdição de outros Gauleiters, e que ainda, Goebbels não tinha autoridade sobre os líderes dos outros distritos sendo assim impossível a autorização de tamanha ação das tropas SA.
Imagem da Alemanha em jogo
De todos os líderes do Partido Nacional Socialista, Goebbels foi o que mais percebeu o desastre que tal ação causara à imagem da Alemanha. Como poderia um discurso feito as 21h na noite de 9 de novembro incitar uma revolta que na verdade ja havia começado um dia antes, quando os primeiros farsantes chegaram aos distritos locais do partido para persuadir os oficiais locais a começar uma ação contra os judeus. Fica claro que Goebbels não teve nenhuma culpa sobre os incidentes.
Os Gauleiters
Os Gauleiters e o comandante das SA foram até os telefones e ligaram para os distritos ordenando que a paz e a ordem fossem mantidas sob quaisquer circunstâncias e que nenhum SA deveria participar das demonstrações. As ordens foram passadas também por telex e os registros desses documentos ainda estão disponíveis para qualquer um que queira ver. O comandante das SA, Viktor Lutze ainda ordenou que individuais das SA fossem garantir a integridade dos estabelecimentos judaicos e diversas testemunhas no pós-guerra confirmaram que tal fato realmente ocorreu.
Qual a finalidade de tudo isso?
Todo o desenrolar da noite dos cristais parecia muito suspeito. O que pretendiam os farsantes com tal ação? Para aqueles que gostam de raciocinar, é um bom quebra-cabeças. Após a noite dos cristais a Alemanha perdeu e muito sua simpatia mundo afora e Hitler estava contra a parede. A imagem de seu povo era agora de extremamente anti-semita, quase que uma reencenação do que ocorrera durante boa parte da idade-média, e para variar, os judeus novamente colocados como oprimidos. O mundo foi levado a crer que Hitler estava perseguindo os judeus usando o pretexto de um simples assassinato, e que usara o acontecimento para testar a reação mundial frente a uma perseguição racial dos judeus. Hitler realmente foi forçado a isolar os judeus e foi daí em diante que estes começaram a ser enviados para os campos de concentração, onde os que haviam se recusado a sair do país iriam permanecer até que se decidisse o local para uma futura realocação. Tudo havia mudado na Alemanha, a relação dos judeus com os alemães já não era mais amigável, e os próprios judeus já não se consideravam mais alemães. Já a simpatia pelos judeus mundo afora havia melhorado e muito, a chance por um pedaço de terra onde os judeus pudessem constituir uma nação havia aumentado na Palestina, pois na Alemanha e na Europa os judeus já não queriam mais ficar. A Grã-Bretanha com seu domínio na Palestina estava pronta para começar a infestar a Palestina com imigrantes judeus tendo em vista o "tratamento cruel" que estavam sofrendo na Alemanha, ficando evidente posteriormente a Segunda Guerra Mundial, que a Palestina sempre foi o objetivo dos farsantes antes e após a guerra.

47 comentários:

Anônimo disse...

Da resistência silenciosa de um pequeno número

Palavras do Mestre Julius Evola “dirigidas aos Legionários”:

«Apenas conta, hoje, o trabalho daqueles que se sabem manter no cume: firmes nos princípios; inacessíveis a todo o compromisso; indiferentes perante as febres, as convulsões, as superstições e as prostituições, ao ritmo das quais dançam as últimas gerações. Apenas conta a resistência silenciosa de um pequeno número, cuja presença impassível de “convivas de pedra” permita criar novas relações, novas distâncias, novos valores, para criar um pólo que, não impedindo, é certo, este mundo de desenraizados e agitados de ser o que é, permitirá, todavia, transmitir a alguns a sensação da verdade, sensação essa que será talvez também o despoletar de alguma crise libertadora.»
Camaradas, cada vez é mais difícil mantermo-nos fiéis a determinados princípios. Nunca antes tinha a estupidez assumido tantas formas como as que se apresentam na actualidade: desde o maltrapilho ao executivo; do varredor ao político; do subordinado ao subordinante; do aluno ao professor; do operário ao patrão… eles conseguiram, institucionalizaram a estupidez e tornaram-na atraente. Mais, ela é um objectivo a atingir. Escolhe o caminho certo e serás estúpido! Este poderia ser um dos lemas do mundo moderno. Estúpido mas informado, dirão alguns. Sim informados de toda a estupidez!

O que é que realmente nos revolta neste mundo moderno? Poderíamos escrever páginas cheias de coisas de que não gostamos e não ficaríamos saciados. Da mesma forma que é assinalada quase diariamente uma nova doença psiquiátrica para somar ao volumoso calhamaço dos doutores norte-americanos, sempre desejosos de anotar e catalogar os últimos efeitos da modernidade no cérebro humano, também nós teríamos diariamente uma nova crítica a acrescentar.

Evola fala-nos de uma sensação de verdade, talvez o princípio ou a chave para despoletar uma crise libertadora. Gosto de pensar nesta sensação como um pequeno satori (lembram-se do Zen?), que devemos procurar, alcançar todos os dias aquando dos breves momentos de introspecção ou em “meditação formal”. Analisando o que nos rodeia, poderemos dizer deste mundo moderno: – Estou presente mas não te pertenço, é difícil mas agora que a “crise da verdade” se instalou em mim eu não me vou deixar corromper. Até aqui eu estava cego, tinha desculpa, agora senti essa sensação, já não te pertenço.

Diziam-nos os filósofos estóicos que a melhor maneira de ensinar era fazer da sua vida um exemplo a seguir. Este é um bom princípio para pormos em prática entre nós como irmandade que somos, pois partilhamos a mesma “sensação de verdade”. Mas lá fora a atitude a tomar deverá ser um pouco mais reservada, pois a luz do mundo moderno não é a nossa mas sim uma lâmpada psicadélica que embriaga e confunde.

O nosso objectivo é instalar a dúvida, não caindo no erro do prisioneiro da Caverna de Platão que viu a Luz e com a ansiosa bondade de A mostrar aos outros prisioneiros caiu no ridículo e foi condenado por aqueles a quem queria ajudar.

Anônimo disse...

foi uma operação perfeita do serviço de inteligência judaico... uma pena nao estar nos meios de comunicação em massa para todos verem.. valeu kamarada 14 88

Streicher 14/88 disse...

niemals kapitulieren!

Anônimo disse...

Onde esta nossa liberdade de expressao? Quem diria q viria logo dos elementos de esquerda como chavez e o ahmadimejad

Anônimo disse...

adorável o artigo kamarada! Vitória ou Valhalla!

Anônimo disse...

Vo divulgar seu blog blz?

.weisser stolz 118. disse...

fique a vontade \o

hitler era gay e judeu disse...

bosta de blog

Guilherme Weisser Stolz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Weisser Stolz disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
.weisser stolz 118. disse...

bosta foi o q sua mãe deixou na maternidade

Anônimo disse...

Operação perfeita nada!

Eles sempre deixam seus rabos e rastros sujos!

Antes fossem perfeitas suas operações e não pudessemos saber da crueldade e selvageria de que são capazes!

Raça de víboras!

Anônimo disse...

deus abençõe a internet

justiça disse...

O Poder sionista ate hoje é quem forma a opiniao publica.Eles sao os FARISEUS de ontem.Fazem tudo por poder e dinheiro.So uma mudança de consciencia mundial para derrota-los.VAMOS A LUTA

Anônimo disse...

Achou que realmente houve perseguição aos judeus, isso e evidente claro, não diria extermínio em massa, mas muito judeus morreram devida há essas perseguições, mas o que morre mesmo na guerra é a verdade. Nesses tempos (1931 1934) de certa calma, Hitler executara todo o comando da SA, por haver desmando na mesma provocado pelo Ernst Röhm, morreu como os chefes subordiandos a ele (BIOGRAFIA DE HITLER FEITA POR JOAQUIM FEST). Hitler precisava de um estado controlado neste momento e atitudes como essa provocando tumulto.

Rogério Cohen disse...

Por gentileza, gostaria de saber seu nome completo e endereço, para poder acioná-lo criminalmente por incitação ao ódio racial, calúnia, injúria e difamação.
Temo que o senhor, como todo "revisionista", ou seja, nazista, é um ser covarde que não sustenta hombremente suas afirmações, senão escondidos por nicks, fakes e afins.
Contudo, caso realmente acredite nos seus próprios argumentos, peço que publique seus dados pessoais para que possamos, em uma corte de leis, decidir quem aqui é o farsante e criminoso.
Sem mais, espero resposta.
"O fim de todo nazista é o mesmo: Acabar derrotado, fracassado ou com um tiro na cabeça." Tribunal de Nuremberg

Anônimo disse...

eu tenho em minha mente a tatuagem de meus parentes, os números da dor, do algo que deveria ser exterminado, não tem como escrever ou falar esse sentimento.Hoje sou um homem do mundo, não tem muito sentido um pedaço de terra, ser de uma raça quando tem o sentido absoluto que o importante é viver.
Joshef Rosenhaig Exterminado - "meu sangue"

Anônimo disse...

Boa tarde. Minhas sinceras condolências. Você é uma pessoa especial. Parece não alimentar ódio, pelos carrascos dos seus parentes.

Congratulações.

Rubens

GOLEM DE PRAGA disse...

Kristallnacht, a Noite dos Cristais, completa 70 anos
BERLIM, 9 Nov 2008 (AFP) - A "Rádio Madrid" foi a primeira a revelar a dimensão da violência registrada na madrugada de 9 para 10 de novembro de 1938 na Alemanha e na Áustria, durante o Reich hitlerista, quando inúmeras sinagogas foram queimadas, lojas e lares de judeus foram saqueados e milhares de judeus foram agredidos e detidos.

Com a realização de diversas cerimônias, a Alemanha celebra neste domingo os 70 anos da Noite dos Cristais, principalmente em Berlim, na presença da chancelar Angela Merkel.

Conhecida popularmente como "Kristallnacht", a Noite dos Cristais foi quando, pela primeira vez, 30.000 foram levados a campos de concentração simplesmente por pertenceram à "raça judaica".

Os judeus já vinham sendo discriminados desde 1935, mas acreditavam que podiam continuar vivendo normalmente na Alemanha.

"Eu acordei com o barulho dos vidros quebrando", escreveu Margot Schwarz, que tinha 17 anos na pequena cidade de Horb, na Baviera. "As pedras atingiam todas as janelas da casa... Bem cedinho, eles vieram prender meu pai", contou.

Em Frankfurt, quando Benjamin Marx chegou à escola judaica, ele soube que a sinagoga vizinha havia sido queimada. A diretora mandou as crianças de volta para casa. Em casa, seu pai ouvia rádios estrangeiras, para tentar entender o que estava acontecendo.

Madri estava ainda nas mãos dos republicanos comandados por Franco, e sua rádio divulgava principalmente propaganda antifascista. "Estas informações davam, a princípio, margem para dúvidas, mas, com os passar das horas, outras rádios estrangeiras confirmaram estes boletins", escreveu o historiador britânico Martin Gilbert em "Kristallnacht: prelude to destruction".

Em toda a Alemanha, na Áustria e nos territórios tchecos anexados, os ''camisas marrons'' da SA, auxiliados pelos integrantes das Juventudes Hitleristas, incendiavam centenas de sinagogas.

Os bombeiros convocados tinham ordem de apenas impedir que os incêndios se estendessem. Em Berlim, a sinagoga da Rykestrasse, onde a chanceler Angela Merkel deve participar neste domingo de uma cerimônia, foi poupada por medo de que as chamas destruíssem os prédios vizinhos.

Lojas atacadas, judeus insultados, assassinados. Susanne Ster, 81 anos, foi morto com três tiros na cabeça por ter se negado a deixar sua casa de Heilbronn (sudoeste), relata um documentário divulgado na quarta-feira pela televisão pública alemã.

Hitler, observou o ministro da Propaganda Joseph Goebbels em seu diário, havia decidido que os "judeus deveriam sentir a raiva do povo". Dessa forma, as SA iniciaram seus ataques usando roupa civil para que tudo parecesse um ação espontânea da população contra os judeus. Os poucos cidadãos que se mostraram indignados com tanta brutalidade foram forçados ao silêncio.

Dos 30.000 judeus detidos depois da Kristallnacht, mil morreram nos campos de concetração. Os outros foram soltos quando a guerra começou em setembro de 1939, e muitos conseguiram fugir do país.

Nunca mais houve um pogrom na Alemanha, mas a repressão se agravou. Ainda sem lei, os judeus foram forçados a liquidar seus bens, numa gigantesca operação de pilhagem organizada.

Sem recursos, a emigração, então objetivo declarado do regime, tornou-lhes ainda mais difícil.

Em outubro de 1941, começaram as deportações para os campos de extermínio, onde a história seguiu seu curso monstruoso.

Anônimo disse...

VOCÊ FALA EM VERDADE MAS TUDO QUE SEU BLOG DEMONSTRA SÃO TONELADAS E TONELADAS DE IGNORÂNCIA. EU ATÉ PODERIA DEFENDER O JUDAÍSMO PROPONDO A VOCÊ VERDADES E "REFLEXÕES" SOBRE SUA FÉ MAS ISSO SERIA MUITO BAIXO NÍVEL. CLARO QUE HÁ POLÍTICA E MOTIVOS PARA O HOLOCAUSTO, CLARO QUE NÃO FOI SÓ PORQUE ERAM JUDEUS...MAS A VERDADE MESMO, QUE VC COMO TÃO CRISTÃO JÁ DEVERIA SABER, É QUE ABSOLUTAMENTE NADA JUSTIFICA UMA MALDADE TÃO GRANDE CONTRA A VIDA, A VIDA ESTÁ ACIMA DE TUDO. PELO QUE VC DIZ, O DINHEIRO E POLÍTICA SÃO MUITO MAIS RELEVANTES, NÃO É MESMO? TÍPICO

Anônimo disse...

por quê vc não mantém os comentários contra seu Blog, seu anti-semitista, racista e maldoso. Deixe as pessoas em paz e vai cuidar da sua vida.

Anônimo disse...

Se vc diz verdades, cadê suas fontes??? ah...vc é Deus né? pretencioso não?

Anônimo disse...

anti-semitista? eh curioso notar que boa parte dos visitantes que são contra o blog sejam retardados

Anônimo disse...

Revisionistas?? Vocês são uns nazistas filhos das putas!!
Ignorantes!

Anônimo disse...

Parabéns pelo trabalho.
Tem mais é que desmascarar mesmo e dar um basta nas malditas falcatruas do ZOG.

Anônimo disse...

Sinceramente, fazia muto tempo que eu nao lia algo tão estúpido e sem qualquer base histórica. Meras alegações e insinuações nao podem se contrapor a milhares de pesquisas realizadas por historiadores de diversos países acerca dos acontecimentos que ocorreram no período nazista. Quanta bobagem!!!

Anônimo disse...

A tempos que não via um imbecil, falar tanta asneira em tão pouco espaço..., vc blogerr deve ser duente igual ao Menguele, vamos raciocinar um pouco, o "senhor da guerra" foi obrigado a fazer o que fez com os judeus?, obrigado por quem? então os campos de concentração (pelo menos seu estupido, isso vc não nega) serviram de "escada" ate a realocação final dos judeus? sabe o que me chamou atenção neste seu blog de bosta (merda pura, de alguem que tem tempo de sobra pra faze-la tambem), é a enxurada de provas que vc nos mostrou ate agora para coroborar suas estupidas teses, sobre o nazismo, o holocausto, a segunda guerra mundial, hitler, os arianos.

Viva a alemanha nazista vitoriosa da II guerra... op's, não foi a alemanha e nem hiter né?

Alias sabe o que ele (hitler) disse em vias de perder a guerra: - todos os arianos deveriam morrer a ter que serem subjulgados pela nova ordem mundial, pois se o fisessem hiam ao paraiso junto com ele.

porque vc não cumpre a ultima ordem de seu Fuher, hein meu Kamarada?
e para provar que ele disse mesmo essas palavras estou apresentando as mesmas provas que vc nos apresentou acima (nada, absolutamente nada), " há, mais ta tudo lá nos arquivos do estado, lá, lá na alemanha"

por favor buda era muitas coisas, menos facista, nazista, anti-semita e etc, então não distorça sua frases seu estupido imbecil, pois se é mesmo que ele disse essa frase pois duvido muito (ainda mais vindo desta fonte confiabilissima que é este blogger), ele nunca imaginou que ele poderia ser usada por um estupido nazista igual a vc, do contrario ele lhe proibiria ate de pensar um usa-la nesta asneira toda
em que vc a usou.

sabe porque vc não acredita na noite dos cristais da maneira como ela aconteceu? simples vc não a viveu, teve o luxo de não ser arrancado no meio da noite, ter seus bens confiscados pelo estado e ser mandado a um campo de concentração sem ter o direito a saber o que aconteceu com o resto de sua familia.
Para falar tanta asneira igual vc falou e "apresentando estes tsunames de provas", so pode ter ouvido isto de outro nazista e acho que foi um que provavemente viveu a II guerra, e teve a ultrajante honra de se entregar aos aliados.

Faça um favor? vá estudar (seu imundo) e ler livros para ter a diginidade de falar de assuntos ao qual domina de verdade, com bases historicas e cientificas, e use este espaço para escrever algo que pelo menos seus descendentes tenham orgulho de vc, e não façam igual a maioria dos alemaes hoje em dia (fui a copa do mundo lá),
que tem vergonha do que aconteceu e não querem nem ouvir falar de outro capitulo sombrio em sua historia.

Anônimo disse...

vacman keys kleinberg fabric latency army reactivity often offspring wiping cruel
semelokertes marchimundui

Will Gav disse...

Eu adoraria matar nazistas !! ja bati em alguns skinheads metidos a nazistas... geralmente figem que são machos, mas costumam seguir hitler ate no homosexualismo !

O Legal é que NAZISTA tem que viver igual RATO.. se encontrando em porão.. vivendo no escuro... sendo anonimo...

Anônimo disse...

O nazismo foi um cancer já erradicado em seu ponto de origem.
O que vemos neste blog é apenas consequencia de uma metastase do tumor original que sonha um dia evoluir e, senão conseguir matar de vez, pelo menos causar o maior estrago possivel ao corpo da humanidade como no passado.

Anônimo disse...

A derrota do nacional socialismo na 2ªG.M. é a causa de hoje estarmos vivendo num mundo sem honra, sem lealdade e repleto de mentiras.
"judeus sao como pragas, onde pisam causam destruiçao desde o Egito a Alemanha, por isso devem ser erradicados"

"a unica vantagem do 'estado' de israel foi q tirou muitos ratos das ruas e os reuniu em um só lugar"

meine ehre heiβt treue !!

Anônimo disse...

Nos Brasileiros nao temos nada com isso.O Brasil eh um pais livre,temos sim que combater eh nossos problemas.Agora se existe alguem racista sao os judeus eh olhar aqui em Sao Paulo que existe escolas,clube que so quem entra sao o judeus isso sim eh NAZISMO.

Anônimo disse...

bando de nazista imundos e utopicos,porque a sua ideologia é um fetiche para ignorantes.Talvez tenham esquecido que o seu Jesus é judeu,talvez seja porque é tudo pela ideologia e pelo seu deus hitler.
Procurem estudar um pouco mais de historia para nao acreditarem em tudo que leem na internet.

Anônimo disse...

Ratos?diga isso para freus,marx,einstein,moises,jesus e tantos outros que fizeram o mundo que vc vive,nen mesmo a tala do computador que vc usa para propagar merdas existiria sem esses "ratos".

Anônimo disse...

raça de viboras é o seu cú

Jama Libya disse...

1/ Conspiração judaica tupiniquim contra os negros afrobrasileiros
A GLOBO ditadura Vanda lista da comunicação, leviana ardilosa e racista inimiga do povo brasileiro. No Brasil os judeus monopolizam a TV discriminam e humilham as mulheres negras?A MeGaLOBO RACISMO? A violência do preconceito racial no Brasil personagem(Uma negra boçal degradada pedinte com imagem horrenda destorcida é a Adelaide http://globotv.zorra-total/v/adelaide-e-briti-pedem-dinheiro-no-metro/, do Programa Zorra Total, TV Globo do ator Rodrigo Sant’Anna? Ele para a Globo e aos judeus é engraçado, mas é desgraça para nós negros afros indígenas descendentes, se nossas crianças não tivessem sendo chamadas de Adelaidinha ou filha, neta e sobrinha da ADELAIDE no pior dos sentidos, é BULLIYING infeliz e cruel criado nos laboratórios racistas do PROJAC (abrev. de Projeto Jacarepaguá da Central Globo de Produção) da Rede Globo é dominado por judeus diretores,produtores e apresentadores ( OBS. alem destes judeus e judias citados existem centenas de outros e mais de 200 atores, atrizes, comediantes, artistas e apresentadores judeus e judias e milhares de empregados e colaboradores da " Rede Globo Judaica Midiática Brasileira" )como Arnaldo Jabor,Carlos Sanderberg ,Luciano Huck, Jairo Bouer,Luis Erlanger,Marcos Losekann,Marcius Melhem e Leandro Hassum,Vladimir Brichta,Tiago Leifert,Pedro Bassan, Pedro Bial,William Waack,William Bonner & Fátima Bernardes,Ernesto Paglial & Sandra Annenberg, Pedro Doria & Leila Sterenberg, Mateus Solano& Paula Braun, Yvonne Maggie,Mônica Waldvogel,Renata Malkes,Sandra Passarinho,Amora Mautner,Lillian W. Fibe,Esther Jablonski,Patrícia Taufer,Glenda Kozlowski Fernanda Grael, Leila Neubarth,Beatriz Thielmann,Gilberto Braga,Wolf Maya, Mauro Halfeld ,Mário Cohen,Ricardo Waddington,Max Gehringer ,Maurício Kubrusly,Mauro Molchansky,Maurício Sirotsky,Marcelo Rosenbaum,Michel Bercovitch,Fábio Steinberg,Carlos de Lannoy,Roberto Kovalick,Guilherme Weber, Régis Rösing,Caio Blinder,Daniel Filho,Gilberto Braga, Gilberto Leifert, Gilberto Dimenstein ,Walcyr Carrasco,Carlos H. Schroder e o poderoso Ali Kamel diretor chefe responsável e autor do livro Best seller o manual segregador (A Bíblia do racismo,que irônico tem por titulo NÃO SOMOS RACISTA baseado e num monte de inverdades e teses racistas contra os negros afrodescendentes brasileiros) E por Maurício Sherman Nisenbaum (que Grande Otelo, Jamelão , Luis Carlos da Vila e Geraldo Filme chamavam o de racista porque este e o Judeu sionista racista Adolfo Block dono Manchete discriminavam os negros)responsável dirige o humorístico Zorra Total Foi dono da criação de programas e dos programas infantis apresentados por Xuxa(Luciano Szafir)e Angélica(Luciano Hulk) ambas tendo seus filhos com judeus,apresentadoras descobertas e lançadas por ele no seu pré-conceitos de padrão de beleza e qualidade da Manchete TV dominada por judeus sionistas,este BULLIYING NEGLIGENTE PERVERSO da Globo.

Jama Libya disse...

2/Conspiração judaica tupiniquim contra os negros afrobrasileiros
A GLOBO ditadura Vanda lista da BULLIYING NEGLIGENTE PERVERSO da Globo. Humilhante absurdo e desumano que nem ADOLF HITLER fez aos judeus mas os judeu sionistas da TV GLOBO faz para a população negra afro-descendente brasileira isto ocorre em todo lugar do Brasil para nós não tem graça, esta desgraça de Humor racista criminoso, que humilha crianças é desumano para qualquer sexo, cor, raça, religião, nacionalidade etc. o pior de tudo esta degradação racista constrangedora cruel é patrocinada e apoiada por o Sr Ali KAMEL fascista sionista (marido da judia Patrícia Kogut jornalista do GLOBO que liderou dezenas de judeus artistas intelectuais e empresários dos 113 nomes(Manifesto Contra as contra raciais) defendida pela radical advogada Procuradora judia Roberta Kaufmann do DEM e PSDB e o Senador Demóstenes Torres que foi cassado por corrupção)TV Globo esta mesma que fez anuncio constante do programa (27ª C.E. arrecada mais de R$ 10,milhões reais de CENTARROS para esmola da farsa e iludir enganando escondendo a divida ao BNDES de mais de 3 bilhões dólares dinheiro publico do Brasil ) que tem com o título ‘A Esperança é o que nos Move’, show do “Criança Esperança”de 2012 celebrará a formação da identidade brasileira a partir da mistura de diferentes etnias) e comete o Genocídio racista imoral contra a maior parte do povo brasileiro é lamentável que os judeus se divirtam com humor e debochem do verdadeiro holocausto afro-indigena brasileiro o Judeu Sergio Groisman em seu Programa Altas Horas e assim no Programa Encontro com a judia Fátima Bernardes riem e se divertem.(A atriz judia Samantha Schmütz em papel de criança um estereótipo desleal e cruel se amedronta diante aquela mulher extremamente feia) para nós negros afros brasileiros a Rede GLOBO promove incentiva preconceitos raciais que humilha e choca o povo brasileiro.Organização Negra Nacional Quilombo ONNQ 20/11/1970 – REQBRA Revolução Quilombolivariana do Brasil - quilombonnq@bol.com.br

Anônimo disse...

Se eu achar algo contra os judeus na epoca da segunda guerra nao posso nem falar desse descoberts porque eh contra a lei...se descobrir algo que prove o contrario nao poderei nem divulgar...por mais verdadeiro que seja...terei que me tornar fora da lei....estranho isso...

Anônimo disse...

Boa.
Mas não leve tão a sério, este texto éde hhumor. Ao menos eu ri muito. Kkkkkkkkkk!
"Hitler REALMENTE FOI FORÇADO a isolar os judeus".... kkkk kkkkkkkkkk!
Carai véi! Esses neonazis mestiços do Brasil. ...

Anônimo disse...

Não sabia disso. Vejo o racismo nas novelas e comerciais desde a década de 80, mas esta de serem judeus, pra mim é nova.

anonimamente disse...

Antissemitas asquerosos!!!
O sangue de vcs por acaso é diferente do sangue dos judeus. Vcs sim são a escória da humanidade, se e que o termo humanos pode ser aplicar a vcs...

Der Wolf disse...

Sim meu amigo anônimo ai de cima você acha que seu sangue é igual mas os Judeus não, estes Judeus bonzinhos acham que todos os não judeus são como animais sem valor e não como humanos!! leia no próprio livro sagrado dos judeus o Talmud, leia as interpretações são no mínimo interessantes para os que defendem este povo preconceituoso os JUDEUS!!!

andrade disse...

Israel é o relógio profético de Deus. Tudo que acontece com judeus; deve ser compreendido ao pé da letra. Como por exemplo a criação do estado de Israel em 14-05-1948. Esta geração existente em 1948; muitos deles verão retorno de Jesus.

andrade disse...

São números bíblicos estes que informo aqui nesta mensagem. 1260+666+12=1938=noite dos cristais=perseguição ao judeus a qual deu inicio para o acontecer o holocausto o qual abre caminho para criação do estado de Israel em 14-05-1948. 1290+666+12=1968=confirmação do domínio de Israel de Jerusalém. 1335+666+12=2013. Como devemos saber das acontecimentos aquí no planeta terra; também há meios de saber de algo que acontece no Reino Celeste. Segundo meus estudos; no início do ano 2013, Jesus deixa o Santuário Celeste e dizendo: "ESTA FEITO"

andrade disse...

Meus irmãos; nosso calendário foi acrescentado nele 12 anos inexistentes e a idade de Jesus, diminuída em 12 anos. Conclusão; Jesus foi crucificado aos 45 anos de idade. Nostradamus disse: "POR MAIS DE ONZE ANOS O SOL E A LUA NÃO DARÁ SUAS LUZES. TUDO AUMENTADO E DIMINUÍDO DE GRAU". O calendário atual foi acrescido em doze anos exato e idade de Jesus diminuida em doze anos. Mais de onze é doze.

Anônimo disse...

Obrigada pelo texto.
esta ficando cada vez mais claro as mentiras forjadas pelos judeus: basta ver que Israel é considerada hoje o paraíso dos gays. No Brasil Jaques Wagner ministro do Lula foi quem fez a cartilha da ONU para desmilitarizar os policiais e muito mais. A lei de migração que abre as portas para o terrorismo foi Feita por um judeu Aloísio Nunes (em sua propriedade rural foi encontrado drogas, mas nada foi feito). Mantega Judeu envolvido em corrupção. Luiza Mel Judia recebeu dinheiro de ONG estrangeira pra roubar os cachorros de teste do laboratório. Pra quem duvida tem por ai fotos de Judeus ortodoxo que são contra o sionismo. o discurso de Benjamim Freecham judeu de 1961 pode dar um bom exemplo de quanto somos enganados.

andrade disse...

(II-Timóteo-16-17-18) - MAS EVITA OS FALATÓRIOS PROFANOS, PORQUE PRODUZIRÃO IMPIEDADE. E A PALAVRA DESSES ROERÁ GANGRENA: ENTRE OS QUAIS SÃO HIMINEO E FILETO, OS QUAIS SE DESVIARAM DA VERDADE, DIZENDO QUE A RESSURREIÇÃO ERA JÁ FEITA, E PERVERTERAM A FÉ DE MUOTOS. (João - 3:13) - ORA NINGUÉM SUBIU AO CÉU, SENÃO O QUE DESCEU DO CÉU, O FILHO DE DEUS QUE ESTAVA NO CÉU. Mas conversaçães corrompem os bons costumes. Dizerem que os judeus não foram perseguidos, não é mais que uma inverdade. tambèm dizer que alguns mortos já ressucitaram e estão na glória junto à Deus é outra mentira. O úmico a ressucitar e que se encontra ao lado de Deus intercedendo por nós; é Jesus. Irmãos: vamos sempre viver tendo compreenção daquilo que é verdade. Assim também podemos ter esperança de conseguir um prêmio.